A Minha História da Dança, por Vânia Rovisco e Joclécio Azevedo

Entidade promotora
Forum Dança/ O Rumo do Fumo

Ciclo de palestras A Minha História da Dança

Vânia Rovisco
15 Novembro às 18h30, Biblioteca Camões, Lisboa/Portugal

Joclécio Azevedo
22 Novembro às 18h30, Biblioteca Camões, Lisboa/Portugal

No próximo mês: Nadia Lauro
6 Dezembro às 18h30, Biblioteca Camões, Lisboa/Portugal

Entrada livre. Duração aprox. 2h

Todos nós, bailarinos, coreógrafos ou performers, recebemos de alguma maneira e por alguma via, mais académica ou mais autodidacta, uma ideia da História da Dança, ou da História das Artes Performativas, da qual nos sentimos “descendentes” (e talvez nos sintamos descendentes de várias Histórias ao mesmo tempo!). Houve certamente criadores coreográficos ou cénicos que nos fizeram entender a arte que fazemos da forma como a entendemos hoje. Cada um tem uma ideia específica de como essa História se desenrolou, e para cada um há determinados criadores e determinados movimentos e correntes artísticas que contribuíram para configurar a ideia de dança que tem e pratica e que, de alguma forma, está respondendo a essa História. Estas palestras dar‐nos‐ão a oportunidade de conhecer a História da Dança que cada um criou dentro de si.
Vera Mantero

Participaram em A Minha História da Dança: Ana Borralho & João Galante, André Lepecki, Clara Andermatt, Gil Mendo, Gustavo Ciríaco, Francisco Camacho, Jennifer Lacey, Jeroen Peeters, João Fiadeiro, La Ribot, Lia Rodrigues, Lisa Nelson, Loïc Touzé, Madalena Victorino, Mark Tompkins, Miguel Pereira, Rui Horta, Sofia Dias & Vitor Roriz, Vera Mantero.

Vânia Rovisco nasceu em Durban, África do Sul (1975). Vânia Rovisco é uma artista visual performativa, criadora de instalações de peças duracionais através das quais explora e actualiza processos relacionais. Com um trabalho fortemente ancorado na investigação e consequente criação de uma corporeidade processual, feita em relação, trabalha com o público a fabricação de experiências mediadas por modelações espaciais, temporais e perceptivas.

Concluiu o Curso para Intérpretes de Dança Contemporânea do Forum Dança (1998-2000). Trabalhou como intérprete com Meg Stuart/Damaged Goods (2001-2007) em diversas peças e projectos de improvisação. Colaborou com Pierre Colibeuf; Helena Waldman; Gordon Monahan, entre outros.

Em 2004 começou a fazer direcção de movimento, com os directores João Brites, Gonçalo Amorim e Gonçalo Waddington/Carla Maciel. Em 2007 tomou a decisão de colocar o corpo no contexto da galeria de arte, concebendo instalações e performances, que se tornou um alicerce na concepção do seu trabalho. Também envolve vídeo na captura da plasticidade do corpo e do movimento. Em 2013 estreou o solo The Archaic, Looking Out, The Night Knight. Em 2014 participou na Feira de Arte Contemporânea Mostra’14. Encenou para o festival TODOS “Silo de carros e estradas giratórias” e no mesmo ano iniciou “REACTING TO TIME, portugueses na performance”, que lida com a transmissão do arquivo vivo da performance em Portugal de finais dos anos 60. Em 2017 concebeu a peça de grupo EQUANAMIDADE – ÂNIMO INALTERÁVEL para o Festival Walk&Talk no Açores. É co-fundadora da plataforma artística internacional AADK – Aktuelle Architektur der Kultur, com lugar na Alemanha, em Portugal e Espanha. Lecciona workshops desde 2003. Está neste momento a preparar o PACAP 3 (Programa Avançado de Criação nas Artes Performativas) no Forum Dança a ter lugar entre 15 de Abril a 16 de Agosto de 2019.

Joclécio Azevedo nasceu no Brasil (1969). Vive e trabalha no Porto desde 1990. Os seus trabalhos atravessam diferentes disciplinas artísticas, tendo-se dedicado mais intensamente à criação coreográfica a partir de 1999. Participa regularmente em projectos de criação e investigação desenvolvendo trabalhos individualmente ou em colaboração com outros artistas. Participou, como intérprete, em projectos de criadores ligados à dança, performance e teatro, entre os quais Né Barros, Ana Figueira, Joana Providência, José Wallenstein, João Paulo Seara Cardoso, André Guedes, Simone Forti, Gary Stevens, Ronit Ziv, Jean-Marc Heim, Peter Bebjak/Juraj Korec, Tino Seghal, Joshua Sofaer, Isabelle Schad e Miguel Pereira. Em 2001 representou Portugal nos “Repérages – Reencontres Internationales de la Jeune Chorégraphie” em Lille, tendo integrado também a residência coreográfica resultante dos encontros e organizada pelo Danse à Lille/Sybel Ballet Teatre, na Tunísia. Participou com os seus trabalhos na Plataforma de Dança Portuguesa Contemporânea “Mudanças 2002”, no Festival “Portugal” realizado no Treffpunkt Rotebuhlplatz em Stuttgart, na programação do AEROWAVES no The Place em Londres e no CAPITALS (Encontros Acarte/Fundação Calouste Gulbenkian/Lisboa – 2002/2003). Participou nas residências MUGATXOAN (Arteleku/San Sebastián, Fundação de Serralves/Porto) – 2002) e Colina 2003 (O espaço do tempo/Montemor-o-novo). Em 2004 apresentou o seu trabalho no Festival de La Bâtie em Genève e estreou no Movimento4 (Evento organizado pelo The Hub, em Londres, a convite da Fundação Calouste Gulbenkian) uma criação com alunos do 3º ano do Laban Centre. Foi diretor artístico do Núcleo de Experimentação Coreográfica entre 2006 e 2011. Em 2012 colaborou com Ana Borralho & João Galante, Vera Mantero e Rita Natálio na criação do evento “Sub-Reptício/corpo clandestino” no São Luiz Teatro Municipal em Lisboa. É membro da direção plenária da GDA e do Conselho de Curadores da Fundação GDA desde 2010. A partir de 2012, integra o projeto Artista Residente da Circular Associação Cultural em Vila do Conde. Desde 2013, participa regularmente como formador no FAICC – Formação avançada em interpretação e criação coreográfica da Companhia Instável. Em 2016 trabalhou como assistente convidado no Curso de Especialização em Performance na FBAUP. Colabora, desde 2016, com o grupo Sintoma – Performance, Investigação e Experimentação, orientado por Rita Castro Neves e desenvolvido pelo i2ADS Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.

O ciclo de palestras A Minha História da Dança é um projecto desenvolvido pelo Forum Dança e O Rumo do Fumo, estruturas financiadas pela República Portuguesa – Cultura / Direcção-Geral das Artes. Programa no âmbito do contrato-programa com a Câmara Municipal de Lisboa / Direcção Municipal da Cultura, Divisão da Rede de Bibliotecas

fotografia Joclécio Azevedo, de Susana Neves.

Contactos
http://www.forumdanca.pt/
https://www.orumodofumo.com/

Mais informações

Tipo

Conferência/Debate

Disciplinas

Dança

Localidade

Lisboa