O projeto vencedor receberá um financiamento de 10.000€ para a produção do filme.

Para além do apoio monetário, o projeto vencedor terá o apoio logístico e técnico da Universidade Lusófona para a produção e pós-produção, nos termos a definir entre as partes, nomeadamente:

a) Estúdio de cinema (até 3 dias úteis);
b) Estúdio de gravação áudio (até 3 dias úteis);
c) Estúdio de montagem e VFX (até 15 dias úteis);
d) Estúdio de pós-produção de áudio (até 5 dias úteis);
e) Colour Grading (até 5 dias úteis).

Apoio técnico e logístico das autarquias, nomeadamente:

a) Alojamento em Torres Vedras e/ou Alenquer (até 3 pax x 10 noites);
b) Acompanhamento da equipa, nas diferentes fases do projeto, por parte de um técnico das autarquias, nomeadamente na escolha dos locais de filmagem e nos contatos necessários para a rodagem;
c) Obtenção das licenças locais necessárias à rodagem do filme;
d) Relacionamento com as forças de segurança locais (PSP, GNR, Bombeiros), para assegurar as condições necessárias à produção do filme;
e) Contatos com as quintas, produtores de vinho, unidades de enoturismo, ou outras ligadas à viticultura, que possam estar integradas no plano de produção do filme.

O filme vencedor será exibido publicamente em Torres Vedras e Alenquer, existindo igualmente a possibilidade de exibição extraconcurso nos festivais INDIE Lisboa e BANG AWARDS, consoante a categoria do projeto vencedor;

O pagamento do montante indicado será realizado em duas tranches, a primeira (50%) após a assinatura do contrato e a segunda (50%) após o início da rodagem.

Candidaturas em https://www.davinhaaovinho.pt/candidaturas/