João Pedro Pereira – Entrevista

João Pedro Pereira é um jovem músico, que lançou recentemente o seu primeiro EP, “Echoes”. Conversámos com ele sobre o seu inicio na música, as suas influências, e o novo EP, entre outros assuntos. No final da entrevista podem ver o seu mais recente vídeo “Someone”

Como te iniciaste na música?
Iniciei o meu percurso na escola básica. Mais tarde gravei dois álbuns infantis e um conjunto de músicas em português.
Esses projetos foram bastante importantes para a minha aprendizagem, e se não os tivesse realizado não estaria aqui com este projeto a solo.

Quais são as tuas principais influências?
Considero-me bastante eclético relativamente a inspirações!
Gosto tanto de ouvir Pop como Alternativo, mas de uma maneira geral, identifico-me com Jeff Buckley, Lana del Rey, Tiago Bettencourt e Noiserv.

Como caracterizas a sonoridade do teu EP “Echoes”?
É muito complicado analisar a minha própria sonoridade.
A meu ver, as primeiras faixas são mais experimentais e eletrónicas, enquanto as segundas seguem uma linha mais acústica e indie.

Dás bastante importância aos aspectos visuais, tais como a fotografia e o vídeo. Em que aspecto este cruzamento de artes é importante?
Estou neste momento a acabar o curso de Artes do Espetáculo na Faculdade de Letras e talvez venha daí a minha ligação com a fotografia e o vídeo.
Quando estou em estúdio a gravar uma música começo logo a idealizar o videoclipe ou uma sessão fotográfica que possa fazer alusão ao single.
Por outro lado, às vezes esse cruzamento surge de uma forma mais natural e crua, exemplo disso é o meu último videoclipe.
Someone, resulta num conjunto de filmagens praticamente aleatórias que fui registando durante uma viagem que fiz à Holanda.

Achas que as plataformas online podem ajudar a divulgar o trabalho de novos artistas?
As plataformas online são importantes meios para a difusão de qualquer projeto. Como foi o meu primeiro EP apostei no Spotify para a divulgação da minha música, e até agora tenho recebido um bom feedback, a avaliar pela interatividade da aplicação.

Quais os teus planos para o resto de 2017?
Os planos neste momento são formar uma banda e promover a minha música. Tenho alguns planos para o verão ou até mais cedo que isso. Tenho imensa vontade em partilhar as minhas histórias num contexto mais intimista e presencial.

Foto de Rúben Caeiro

Deixa o teu Comentário