Audição para uma poetisa, rapper, spoken

Entidade promotora
Teatro Experimental do Porto

O Teatro Experimental do Porto irá realizar, dia 18 de novembro de 2019, uma audição, para uma poetisa, rapper, spoken.

Local da audição: Teatro Municipal Campo Alegre.

Horários: 10:00 – 13:00 / 14:00 – 18:00

A candidata que for selecionada integrará a equipa do espetáculo “ESTRO” de Gonçalo Amorim e Paulo Furtado. Uma coprodução do Teatro Experimental do Porto com o Teatro Municipal do Porto.

“ESTRO” é um projeto com direção de Gonçalo Amorim e Paulo Furtado. O projeto partirá da poesia ligada ao rock, devolvendo ao estilo o estatuto de cancioneiro popular. Tal como a ILÍADA ou a ODISSEIA – que se sabe terem sido coletâneas de histórias que se iam contando nas praças, de heróis e de guerras, de paixões – o rock usou a palavra poética para gritar na esfera pública a vida, para convocar todos a falar acerca da morte, da guerra, de amores e desamores, da solidão, das selvas de betão, da experiência da working-class e da opressão. Esta dimensão pública, que reúne gente à sua volta, que congrega, contrasta drasticamente com a introspeção que o ato poético exige tantas vezes: explorar -se -á esta dualidade da palavra rock e da prática poética. Pesquisando os poemas da música que surgiu nos meios urbanos entre 1950 e 1980, desenvolver-se-á uma hipótese dramatúrgica que permita aos atores explorar possibilidades cénicas, pensando sempre o cruzamento de lugares e autores e o potencial agregador de massas, por um lado, mas também o potencial de libertação de vozes, ideias, sonhos e angústias. A cena será ocupada por baterias, pelos corpos dos atores e dos músicos, ligados pela eletricidade dos microfones, ofuscados pelo brilho do metal e distorcidos por filtros vocais que trarão ao palco a palavra do rock e do hip-hop, cuja ascensão em Nova Iorque está intimamente ligada aos locais de culto do punk. ESTRO mantém uma forte relação dialógica com as batidas que acompanhavam as tragédias gregas e com a conceção do evento teatral como um momento de reunião da comunidade. Na idade do rock, o espaço do teatro foi ocupado pelo cancioneiro, que alimentava um grande movimento de massas à volta das palavras e dos mecanismos de representação que elas permitiam: fundou-se um novo lugar na esfera pública para a referência política e estética, um lugar que outrora era ocupado pelo teatro. O que é feito desse património? Onde estão os trovadores?

Os ensaios iniciam-se a 6 de Janeiro de 2020, no Teatro Municipal Campo Alegre – Porto.

Apresentações: 20 e 21 de Março de 2020 no Teatro Municipal do Porto- Rivoli.

Enviar self tape com 3/4 minutos. Nesta self tape as candidatas devem apresentar-se(nome, idade, local de residência), rapar, dizer um poema.
As candidatas pré-selecionadas serão posteriormente contactadas pelo Teatro Experimental do Porto.

O TEP é uma estrutura residente no Teatro Municipal Campo Alegre, no âmbito do programa Teatro em Campo Aberto e apoiado pela Câmara Municipal do Porto.

Data limite
29 de outubro de 2019

Local
Teatro Municipal do Porto – Campo Alegre

Data de realização
18 de novembro de 2019

Remuneração
Trabalho Remunerado

Contactos
audicoes.tep@gmail.com
telefone – 223 722 340

Mais informações

Tipo

Casting/Audição

Disciplinas

Teatro

Localidade

Porto