Uma cerveja estupidamente gelada

Por Andréa Zamorano Quando o meu pai me mandava ao botequim do Senhor António — que no Rio de Janeiro tornara-se Seu Antônio — buscar uma cerveja “estupidamente gelada”, repetia escrupulosamente as palavras que me haviam sido entregues para que não restassem dúvidas quanto ao produto que o dono do estabelecimento deveria me vender. Essa […]

Voltar a ver Sarah Affonso

Por Sara Figueiredo Costa Duas exposições em cartaz resgatam da privacidade de várias colecções e dos espaços mais discretos de alguns museus a obra de Sarah Affonso, artista cuja obra tem andado afastada do olhar do público, talvez ofuscada pela maior sonoridade dos nomes seus contemporâneos, nomeadamente o de José de Almada Negreiros, com quem […]

Manifesto Feminista

Por Sara Figueiredo Costa Uma mulher com lenço vermelho às bolinhas e a manga da camisa azul arregaçada, exibindo os bícepes, acompanha a frase «We Can Do It!». O cartaz foi criado nos anos 40, nos Estados Unidos, promovendo o trabalho das mulheres nas fábricas durante a II Guerra Mundial e procurando evitar o absentismo […]

PT.19 – Das fraquezas se fazem forças

Por Pedro Mendes O Espaço do Tempo (EdT), instituição que em 2020 cumprirá 20 anos de existência, não teve um ano fácil. Em outubro do ano passado viu parte da estrutura da sua sede abater, colocando em risco o programa de residências artísticas que o caracteriza, e que tão bem cumpre. Rui Horta e a […]

Dobra, Dobra, Estica, Estica

Por Andréa Zamorano Para Nivaldo Tenório A instrutora insistia dobra, dobra, estica, estica. Bem me esforçava, os tornozelos inchavam, os joelhos se queixavam, quando não era a coordenação que falhava. Persistia obstinada, dobra, dobra, estica, estica. Me empenhando em fletir o corpo e mover as cadeiras de um lado para o outro no ritmo das […]

Uma montanha-russa chamada Ciclone: um livro que nasceu no Teatro

Turbilhão, confusão, emoção… São sentidos para a palavra adolescência, pela pena dos próprios, aqueles que a estão a viver no presente. Mas não só. Foi o que descobriram Miguel Fragata e Inês Barahona, fundadores da companhia Formiga Atómica quando se decidiram a ouvir este público tantas vezes emparedado entre crianças e adultos. Tudo começou precisamente […]

Cinco dias em Guadalajara

Por Ricardo Viel DIA 1: Sábado, 24 «O interesse neste evento superou as nossas expectativas, pedimos desculpas àqueles que não puderam entrar e cumprimentamos os que assistem a partir do lado de fora», escuta-se no átrio do auditório do Pavilhão de Exposição da Feira Internacional do Livro de Guadalajara, a FIL. Quem diz estas palavras […]

Boca A Boca: Eu já fui à Poesia Incompleta

Take care of my son, Varinia. If he never knows me… tell him who I was and what we dreamed of. Tell him the truth. There will be plenty of others to tell him lies.” Spartacus para Varinia, no dia anterior à sua derrota em Roma Não daqui a muito tempo, num futuro quase tão […]

Sobre a Canção Brasileira, o Teatro, Essas Coisas que Ninguém Pensa Muito

Por Thiago Arrais Chico Buarque disse dia desses que a canção como gênero está no fim. Chico Buarque, antes que a canção, está no fim ele próprio. Seu corpo é imolado pela nova ordem social midiática fascistoide brasileira, como já o faziam, simbolicamente, os atores de Roda Viva, peça do jovem Chico Buarque dos anos […]

Deste Mundo e do Outro: um escritor em Alta voz

Por Ana Margarida de Carvalho É um pensamento recorrente meu, e provavelmente também acontecerá a muitos outros leitores. Sempre que ocorre algo de aviltante, algum atropelo feroz dos direitos humanos, parar e pensar: o que é que José Saramago diria disto? Porque quando o perdemos, no dia 18 de Junho de 2010, não perdemos só […]