Um Livro Mil Vezes Sussurrado

Por Joana Bértholo Na semana passada fui convidada para um debate sobre cultura e sustentabilidade, o que muito me aprouve, dado tratar-se de duas perninhas essenciais à minha centopeia de interesses. Dada a polissemia de um e outro termo, achei bem preparar-me. Abri o bloco de notas. Comecei por me cingir à acepção artística de […]

Um Bibliotecário Sobre Rodas

Por Blimunda José Diniz foi um dos muitos bibliotecários do programa das Bibliotecas Itinerantes da Gulbenkian, que garantiu o acesso ao livro num país que tinha, então, elevadas taxas de iliteracia. O jornal digital Médio Tejo noticia a morte de um homem que dedicou parte da vida a levar livros ao encontro dos seus leitores. José […]

Fake Plastic Peace

Por Keli Freitas Esses dias, Letícia me contou do filho de um amigo que perguntou: “Pai, táxi é tipo um uber?” Raquel me disse “Tenho saudade dos percursos”, André me falou: “Sinto falta de descansar no metro”. Assim vamos levando. Algum rainbow tem que ser the new black. Esses dias comprei uns fones de ouvido […]

Coffee Break Episódio 41: Sangue na guerra, guelra, guerra

Neste episódio poderão ouvir mais uma leitura encenada do ciclo “Dramaturgia transatlântica”. “Dramaturgia Transatlântica” é uma parceria do Coffeepaste com a 33 Ânimos, onde mensalmente vos trazemos uma leitura encenada de um autor lusófono e contemporâneo. O texto desta semana chama-se “Sangue na guerra, guelra, guerra”, e é da autoria de Fernando Giestas. É lido […]

quantas voltas na mão de uma criança…

Por Ondjaki às vezes o poema quer visitar e saltita; brinca entre os dedos da areia, vira o vento para brincar de canoa invisível; muda o corpo dos aromas e as rosas e as mangas, descontroladas, sorriem. às vezes o poema quer desdobrar-se, ganha terreno à música, dá a volta ao mundo e volta a […]

Despacito

Por Patrícia Portela Há um milhão de palavras na língua inglesa– a que tem mais palavras no mundo, acredita-se. Aproximadamente 170 000 destas palavras são de uso corrente. Um dicionário vulgar pode ter até 500 000 palavras, aproximadamente. Um cidadão médio de vinte anos conhece aproximadamente 40 000 palavras mas usa apenas 20 000 para […]

Os antagonistas

Por Inês Lampreia Os corpos nus de cerca de 30 mulheres, num exército de paz, moviam-se compassados. Mulheres em palco, que se apropriavam de instrumentos, experimentavam, testavam a possibilidade de criar música, numa orquestra em crescendo, esgotando-se fisicamente. No camarote, senti-me eu próprio em palco, nu, junto daquelas mulheres num grito humano, expandindo os múltiplos […]

Coffee Break Episódio 37: Desmascarado

Neste episódio poderão ouvir mais uma leitura encenada do ciclo “Dramaturgia transatlântica”. “Dramaturgia Transatlântica” é uma parceria do Coffeepaste com a 33 Ânimos, onde mensalmente vos trazemos uma leitura encenada de um autor lusófono e contemporâneo. Hoje temos o texto “Desmascarado”, escrito pelo dramaturgo moçambicano Venâncio Calisto, e lido pelos actores Erica Rodrigues e Guilherme […]

John Berger: Perfil de um renascentista do Século XX

Por Sara Figueiredo Costa Quando publicou G, romance ambientado numa Europa anterior à I Guerra mundial, John Berger queria testar certos limites da linearidade narrativa, mas igualmente criar uma personagem ficcional que reflectisse uma ideia do mundo assente na luta de classes. Estávamos em 1972 e, entre experimentalismo e teoria marxista, o romance do autor […]

Dois filósofos – ou mesmo três

Por Rui Zink Sempre que passo pela Alemanha, tento ir visitar um português radicado há trinta anos numa cidadezinha obscura perto de Dortmund, Altena. Mais do que amigo, o Luís é família, e é o mais divertido e o mais pícaro operário metalúrgico jamais visto na cintura industrial do aço e do carvão. Uma espécie […]