Coffeepaste recomenda (XLIII)

Concerto: Deolinda
200_deolindaTeatro das Figuras – Faro
19 abril (SEX), 21H30
2013 é ano de lançamento do 3º disco de originais dos Deolinda.

Após 4 anos em que dominaram os tops de vendas com os multiplatinados “Canção ao Lado” e “2 Selos e um Carimbo”, acumulando distinções como 2 Globos de Ouro, um prémio Amália Rodrigues e um Songlines Music Award, os Deolinda regressam à estrada para apresentar “Mundo Pequenino”, disco gravado no Porto no Boomstudios, produzido pelo britânico Jerry Boys e pela própria banda.

Festival: “Lisboa Capital, República, Popular!”
lisboaO MusicBox volta a celebrar o espírito da revolução dos cravos com mais uma edição de “Lisboa Capital, República, Popular!”, um conjunto de actividades multidisciplinares que decorre durante todo o mês.

Dia 20 de Abril (sábado) o evento toma conta da Rua Nova do Carvalho com “Canto Livre”, um espectáculo que junta jovens músicos portugueses e que os desafia a escolherem três temas (reinterpretados ou originais) que se relacionem com o ideário de Abril.

Passarão por este palco de rua Jónatas Pires (Pontos Negros), Diego Armés (Feromona), David Jacinto (TV Rural), Manuel Fúria, Tomás Wallenstein (Capitão Fausto), Alex D’Alva Teixeira, Fernanda Paulo e José Anjos.
Por Dinis Correia

Exposição. BES Photo 2013
200_BESPhotoA exposição, patente ao público até 2 de junho, reúne trabalhos inéditos de Albano Silva Pereira (Portugal), Filipe Branquinho (Moçambique), Pedro Motta (Brasil) e Sofia Borges (Brasil).

Esta é a terceira edição duplamente marcada pela internacionalização do prémio – por via do alargamento do âmbito de seleção dos artistas que pode ser de nacionalidade portuguesa, brasileira ou dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP’s), como pela itinerância da exposição que, após ser apresentada no Museu Berardo, é inaugurada em São Paulo, no Instituto Tomie Ohtake, a 18 de Junho de 2013.

A escolha dos quatro artistas selecionados é da responsabilidade de um júri internacional constituído por Agnaldo Farias (Instituto Tomie Ohtake, Brasil), Delfim Sardo (crítico e curador, Portugal) e Bisi Silva (Centro de Arte Contemporânea de Lagos, Nigéria).
O vencedor do BES Photo será conhecido a 7 de maio. A decisão será tomada pelo Júri de Premiação internacional a anunciar brevemente.
O BES Photo é um dos mais importantes prémios de arte contemporânea em Portugal que visa promover artistas de países de língua oficial portuguesa.
Entrada gratuita.
http://pt.museuberardo.pt/

Festival: Dias da Música em Belém
200_DiasMusicaO Impulso Romântico, o romantismo através dos tempos
CCB | 19, 20 e 21 Abril 2013
Como já vem sendo habitual, em Abril o CCB vai realizar mais uma edição do festival Dias da Música em Belém. Este ano, realiza-se nos dias 19, 20 e 21 de Abril e será dedicado ao tema O Impulso Romântico, o romantismo através dos tempos.

O Impulso Romântico abordará a emergência de uma nova sensibilidade que, na viragem para o século XIX, vai marcar decisivamente os cem anos seguintes. A exaltação do indivíduo e da subjectividade, a redescoberta da cultura medieval por contraposição aos mitos greco-romanos que tinham modelado a cultura renascentista, a libertação dos sentimentos e a apologia das paixões por contraposição à ditadura da razão, são o terreno explorado pelos românticos. Esse ímpeto em direcção a uma cultura da libertação, que politicamente encontrara a sua justificação na Revolução Francesa de 1789, vai, com o tempo, e muito por força do impacto do romantismo sobre a cultura oitocentista, fazer a expressão ganhar um outro sentido, que se prolonga até aos dias de hoje, restringindo-se cada vez mais ao plano afectivo: é romântico o enamorado, o apaixonado, o sonhador, o utopista.

Na sua sétima edição, este festival aborda assim O Impulso Romântico nestas duas vertentes: a histórico-musical e a popular. De Beethoven a Rachmaninov, de Chopin a John Lennon, de Berlioz à chanson d’amour francesa, propõe-se um itinerário musical que nos mergulha nas raízes do Romantismo e detecta a persistência do sentimento romântico, erudito ou vulgar, até aos nossos dias. É uma forma de nos perguntarmos o que é hoje, para nós, o Romantismo; ou seja, se ainda se pode ser romântico no século xxi.

Festival: IndieLisboa
200_IndieLisboaDe 18 a 28 de abril, o IndieLisboa volta a trazer o melhor e mais recente cinema de todo o mundo. Serão onze dias em que o festival marcará presença na Culturgest, que volta a ser coprodutora, no Cinema São Jorge, no Cinema City Classic Alvalade e na Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema.

Serão exibidos mais de 200 filmes, abertos à curiosidade de todos os públicos e distribuídos pelas secções que compõem o festival deste ano: Competição Internacional, Competição Nacional, Observatório, Cinema Emergente, Director’s Cut, IndieMusic, Pulsar do Mundo, IndieJúnior e Sessões Especiais. A estas juntar-se-ão debates, conferências, ateliês e masterclasses.

O IndieLisboa comemora o seu 10.º aniversário e convida todos a juntar-se à celebração. Este ano, o festival trará novas surpresas mantendo como sempre a sua essência: um lugar de entusiasmadas descobertas de filmes, sem fronteiras de género, duração ou formato.
A programação do festival é permanentemente atualizada em www.indielisboa.com.

Deixa o teu Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.