Arde brilhante nos bosques da noite (Arde Brillante en los bosques de la noche)

Quando:
21 de Janeiro, 2017@9:30 pm_11:30 pm
2017-01-21T21:30:00+00:00
2017-01-21T23:30:00+00:00
Onde:
Maria Matos Teatro Municipal
Av. Frei Miguel Contreiras 52
1700 Lisboa
Portugal
Custo:
7€ a 14€
Contacto:
Maria Matos Teatro Municipal
218 438 801

Grupo Marea (Argentina).
Nesta nova criação, o dramaturgo e encenador argentino Mariano Pensotti revisita a figura de Alexandra Kollontai, revolucionária soviética e feminista. Partindo das suas preocupações em torno das políticas do corpo, da sexualidade e da identidade feminina, vai à procura das ressonâncias da Revolução Russa na América Latina de hoje.
Pensotti propõem-nos uma peça em três partes cujas histórias agem umas sobre as outras, transformando a vida das suas personagens: um teatro de marionetas, feitas à imagem dos atores que as manipulam, um teatro e um filme.
Apropriando-se de algumas propostas formais das vanguardas russas, a peça discute a dicotomia entre ser espectador ou participante na História e investiga a validade de algumas ideias acerca do controle político sobre o corpo. Qual é a relevância atual de ideias que fizeram a Revolução Russa, cem anos depois de esta ter ocorrido?
Ficha artística

texto e encenação: Mariano Pensotti
interpretação: Susana Pampín, Laura López Moyano, Inés Efrón, Esteban Bigliardi, Patricio Aramburu
cenografia e figurinos: Mariana Tirantte
música: Diego Vainer
design de luz: Alejandro Le Roux
produção executiva: Florencia Wasser / Grupo Marea
assistentes de palco: Malena Juanatey, Tatiana Mladineo
assistente de produção do filme: Gonzalo Córdoba Estévez
assistente de encenação: Juan Schnitman
encomenda: HAU Hebbel am Ufer
coprodução: Complejo Teatral de Buenos Aires, HAU Hebbel am Ufer, Kunstenfestivaldesarts, Maria Matos Teatro Municipal
colaboração: Cultural San Martin
foto: Mariano Pensotti

Uma coprodução da rede House on Fire, com o apoio do Programa Cultura da União Europeia

em espanhol com legendagem • duração: 1h50 • M/16

Deixa o teu Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.