Chego sempre tarde aos funerais importantes [work in progress]

Quando:
6 de Novembro, 2017@7:00 pm_8:00 pm
2017-11-06T19:00:00+00:00
2017-11-06T20:00:00+00:00
Onde:
Rua das Gaivotas6
R. Gaivotas 6
1200-202 Lisboa
Portugal
Custo:
Grátis
Contacto:
Rua das Gaivotas6
210 962 355

O Teatro Maria Matos e o Temps d’Images convidaram três artistas/coletivos portugueses para integrarem um processo de feedback continuado, em paralelo com o processo de criação das suas obras: Teresa Silva & Filipe Pereira, Catarina Vieira e Plataforma285. O feedback acontece em momentos chave do processo por um grupo constituído pelos próprios artistas, convidados seus e colaboradores do Temps d’Images e do Teatro Maria Matos. Teresa Silva e Filipe Pereira já concluíram o percurso e apresentam agora, no contexto do Temps d’Images, a peça Nova Criação na sua forma final. Catarina Vieira e Plataforma285 apresentam um work-in-progress com sessão pública, antes de avançarem para a última etapa de ensaios, que culminarão na estreia das obras no Teatro Maria Matos em, respetivamente, Janeiro e Fevereiro de 2018.

Conceito Mark Deputter, Laura Lopes e David Cabecinha Coordenação e feedback Laura Lopes Produção
/ feedback Temps d’Images / António Câmara Manuel e Mariana Brandão Grupo feedback Teresa Silva &
Filipe Pereira Elisabete Paiva, Patrícia Portela, Sofia Dias e Vânia Rovisco Grupo feedback Catarina Vieira
André Godinho e Cláudia Dias Grupo feedback Plataforma 285 Patrícia Azevedo da Silva e Patrícia
Portela

Deixa o teu Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.