Harlem Gospel Choir

Quando:
11 de Dezembro, 2017@9:00 pm_10:30 pm
2017-12-11T21:00:00+00:00
2017-12-11T22:30:00+00:00
Onde:
Casa da Música
Av. da Boavista 604
4050 Porto
Portugal
Contacto:
Casa da Música
220 120 220

Este ano será a nona vez que o Harlem Gospel Choir se apresentará em Portugal na época de Natal com um espectáculo que se dirige a toda a família. Desde 2009 o mais famoso grupo de gospel da América e, sem dúvida, de Portugal, tem vindo ano após ano a levar a alegria da sua música às principais cidades do país, esgotando cada sala por onde passa.

O grupo de Harlem foi fundado por Allen Bailey em 1986, depois de um momento de inspiração obtido ao assistir a uma cerimónia de homenagem a Martin Luther King e desde aí tem vindo a acumular um impressionante currículo.

O gospel tem a condição singular de ser ao mesmo tempo uma música de devoção e de celebração e por isso as atuações do Harlem Gospel Choir são sempre exuberantes e profundamente sentidas. Aliando-se a esse facto o reportório cuidadosamente escolhido, interpretado com alma, vivacidade e paixão, obtém-se um espectáculo perfeito para toda a família. Foi exactamente essa característica que o presidente Obama teve em conta quando convidou o Harlem Gospel Choir para cantar na abertura da sua campanha. A bênção parece ter resultado.

O Harlem Gospel Choir já actuou ao lado ou em frente de alguns dos maiores nomes do planeta: de Nelson Mandela ao Papa João Paulo II, de Paul McCartney a Jimmy Cliff e Diana Ross.

A Portugal o grupo trouxe já concertos de homenagem a gigantes da música como Michael Jackson, Stevie Wonder Whitney Houston ou Adele, músicos de méritos mais do que reconhecidos que nas experientes vozes deste grupo se tornam também autores de hinos universais capazes de capturar o espírito de uma época muito especial.

O convite é, mais uma vez, para uma alegre celebração e dirige-se a toda a família. A banda sonora, essa será de luxo e entregue com o inimitável estilo do Harlem Gospel Choir.

Deixa o teu Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.