Por Amor!

Quando:
10 de Fevereiro, 2018@4:00 pm_5:00 pm
2018-02-10T16:00:00+00:00
2018-02-10T17:00:00+00:00
Onde:
Teatro Rivoli
Praça de Dom João I
4000 Porto
Portugal
Contacto:
Teatro Rivoli
22 339 22 01
“Eu te amo hoje como toda vida quis e não sabia.”
Adélia Prado
Por amor! é um monólogo sobre o outro no amor. Aquele que se ama, aquele que se espera, aquele que nos abandona, aquele que desejamos, aquele que ignoramos ou nos ignora, que nos cuida e de quem cuidamos. Com um cenário de animação cinematográfica a partir de quadros de Frida Kahlo ou Tintoretto, este espectáculo começa como uma ode às mais trágicas histórias de amor da história da literatura e termina num tom festivo em tom de matiné disco. Um desfile de amores perdidos ou felizes entre casais, amigos, familiares será celebrado, em silêncio, em choro, por sms, em confissões às escuras. De Romeu a Rita Lee, de Camilo a Bovary. Será que é melhor durar do que arder? Convocando Ovídeo, Adília Lopes, Shakespeare, O’Neil, entre outros que se dedicaram à arte de (des)escrever o ridículo, vestidas de kimonos, cabedal ou sedas raras, Patrícia Portela, Leonor Barata ou Sónia Baptista, cada uma a sós no palco, debruçar-se-á sobre a vulnerabilidade, a fragilidade, a estupidez mas também sobre a beleza que é esta coisa de estar apaixonado: por outros, por outrém, por outras vidas outras coisas, outras paragens. Por aquilo que desconhecemos. Por aquilo que nos desafia. Por aquilo que não sabemos porquê.

Patrícia Portela é autora de performances e obras literárias, vive entre Portugal e Bélgica. Estudou cenografia, cinema, dança e filosofia em Lisboa, Utrecht, Londres, Dinamarca, Helsínquia e Leuven. Criadora de performances e instalações transdisciplinares, itinera desde 2003 com regularidade pela Europa e pelo mundo, recebendo vários prémios pela sua obra (dos quais destaca o Prémio Revelação 94 pela Associação Críticos deteatro, o Prémio Madalena Azeredo de Perdigão/F.C.G. para Flatland I ou o Prémio teatro na Década para T5). Dedica-se actualmente a estudar a invisibilidade.

Leonor Barata é licenciada em Filosofia pela Universidade de Coimbra e completou a pós graduação em Estudos Artísticos na mesma instituição. Fez a sua formação em dança no Forum Dança onde foi aluna de Howard Sonnenclair, Francisco Camacho, Madalena Vitorino, André Lepecki, Thierry Bae, entre outros. Foi intérprete em vários espectáculos de dança e de teatro dos quais destaca: Miss Liberty de Mónica Lapa, Duel com o Tof Theatre, Visitas Dançadas no Museu Grão Vasco (de Aurélie Gandit) e mais recentemente Revisitar em colaboração com Patrícia Portela.

Sónia Baptista é formada em Dança Contemporânea pelo Forum Dança Em 2001, foi-lhe atribuído o Prémio Ribeiro da Fonte de Revelação na área da Dança pelo, então, Ministério da Cultura por Haikus, (o seu primeiro trabalho). No seu trabalho explora e experimenta com as linguagens da Dança, Performance, Música, Literatura, Teatro e Vídeo.Para além de textos e poemas publicados em várias publicações tem já 4 livros publicados.

Deixa o teu Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.