Traições de Harold Pinter

Quando:
5 de Junho, 2014@8:30 pm
2014-06-05T20:30:00+00:00
2014-06-05T21:00:00+00:00
Onde:
Teatro Académico de Gil Vicente
Praça da República
3000-019 Coimbra
Portugal
Custo:
€7 [Normal] €5 [< 25, Estudante, > 65, Grupo + 10, Desempregado, Parcerias] Grupo + 10 [Oferta 2 bilhetes na compra de 10 ingressos] €3,5 [Estudante UC, Docente e Não Docente UC]
Contacto:
Teatro Gil Vicente
239 855 630239 855 636 [informaç
Traições de Harold Pinter @ Teatro Académico de Gil Vicente | Coimbra | Coimbra | Portugal

“De vez em quando, é maravilhoso ter uma pequena certeza na vida. A companhia tg STAN tinha anunciado que levaria a cena uma peça de repertório, Betrayal [Traições] de Pinter, e faz exatamente aquilo que esperávamos: uma interpretação deliciosa, sem floreados, de um texto espirituoso.”

De Morgen, outubro 2011

Presença habitual no nosso palco, tg STAN traz-nos a sua leitura de Betrayal, peça escrita por Harold Pinter em 1978, que narra, ao estilo lacónico e implacável do dramaturgo britânico, um triângulo amoroso clássico: durante sete anos, Emma enganou o seu marido, Robert, com o melhor amigo deste, Jerry.
Utilizando uma estrutura dramática pouco habitual — a peça começa pelo fim e termina no início da relação —, Pinter examina as temáticas da fidelidade, da sinceridade e do engano. As personagens afundam-se cada vez mais na insustentabilidade de uma paixão devoradora, lutando contra a mediocridade das suas vidas rotineiras, desejosas de uma existência grandiosa num mundo demasiado pequeno. Com a precisão de quem maneja um bisturi, o texto de Pinter revela o orgulho e os desejos, as mentiras e as fraquezas das suas personagens, aqui interpretadas com a subtileza e mestria a que os tg STAN já nos habituaram.

Em francês com legendagem ● Duração: 90 min ● a classificar pela CEE

De e com: Robby Cleiren, Jolente De Keersmaeker e Frank Vercruyssen texto: Betrayal de Harold Pinter versão francesa: Eric Kahane luz: Thomas Walgrave figurinos: Ann D’Huystécnica: Tim Wouters produção: tg STAN imagem: © National Archives of Austrália

Deixa o teu Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.