Um Saco e uma Pedra – peça de dança para ecrã

Quando:
6 de Fevereiro, 2018@9:30 pm_10:30 pm
2018-02-06T21:30:00+00:00
2018-02-06T22:30:00+00:00
Onde:
Maria Matos Teatro Municipal
Av. Frei Miguel Contreiras 52
1700 Lisboa
Portugal
Contacto:
Maria Matos Teatro Municipal
218 438 801

Vamos imaginar. Há uma peça de dança. Essa peça de dança tornou-se consciente da sua existência. Tornou-se um ser. Um ser independente, capaz de tomar decisões por si mesmo, sobre si mesmo. Decidiu ir ao cinema. Pelo caminho encontrou um saco e uma pedra. Agarrou o saco, agarrou a pedra, e levou-os consigo. Talvez viesse um dia a precisar deles. Fez o seu caminho, chegou ao cinema. Mas tinha por hábito estar do lado do palco, não do espectador. E foi por isso, e por mais nada, que saltou para o ecrã…

Nesta nova criação, Tânia Carvalho troca o palco pelo ecrã e coreografa um filme com música original ao vivo pelo compositor e colaborador de longa data Diogo Alvim.

Ficha Artística

argumento e realização
Tânia Carvalho

direção de fotografia e edição
Christo Roussev

composição musical
Diogo Alvim

desenho de luzes (em rodagem)
Christo Roussev, Zeca Iglésias

conceito de figurino
Tânia Carvalho

figurinista
Aleksandar Protic

com
André Santos, Bruna Carvalho, Bruno Senune, Claudio Vieira, Jácome Filipe, Leonor Hipólito, Luís Guerra, Petra van Gompel, Ramiro Guerreiro

musicado ao vivo por
Hugo Paiva, Joana Cipriano, Ana Pereira, Ana Filipa Serrão, Fernando LLopis Mata

assistência à rodagem
Pietro Romani

engenheira de som (gravação de banda sonora)
Suze Ribeiro

montagem e operação de luzes (em rodagem)
Zeca Iglésias

 

produção de adereço (pedra)
Leonor Hipólito

costureiras
Ana Krkobabic, Drena Drinic, Ateliê Maria José

maquilhador (em rodagem)
André Santos

edição de texto
Bruno Duarte

produção
Tânia Carvalho

produtor executivo
João Guimarães

coprodução
Centro Cultural Vila Flor, Maria Matos Teatro Municipal, Théâtre de la Ville – Paris

apoio
Financeiro Fundação Calouste Gulbenkian

residências artísticas
O Espaço Do Tempo, Centro Cultural Vila Flor

agradecimentos
O Espaço Do Tempo, Manuel Guerra

agradecimento especial
Quentin Dusser

Deixa o teu Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.