Uma cerveja estupidamente gelada

Por Andréa Zamorano Quando o meu pai me mandava ao botequim do Senhor António — que no Rio de Janeiro tornara-se Seu Antônio — buscar uma cerveja “estupidamente gelada”, repetia escrupulosamente as palavras que me haviam sido entregues para que não restassem dúvidas quanto ao produto que o dono do estabelecimento deveria me vender. Essa […]

Voltar a ver Sarah Affonso

Por Sara Figueiredo Costa Duas exposições em cartaz resgatam da privacidade de várias colecções e dos espaços mais discretos de alguns museus a obra de Sarah Affonso, artista cuja obra tem andado afastada do olhar do público, talvez ofuscada pela maior sonoridade dos nomes seus contemporâneos, nomeadamente o de José de Almada Negreiros, com quem […]

Manifesto Feminista

Por Sara Figueiredo Costa Uma mulher com lenço vermelho às bolinhas e a manga da camisa azul arregaçada, exibindo os bícepes, acompanha a frase «We Can Do It!». O cartaz foi criado nos anos 40, nos Estados Unidos, promovendo o trabalho das mulheres nas fábricas durante a II Guerra Mundial e procurando evitar o absentismo […]

A Memória do Quilombo na luta pelo Futuro

Sara Figueiredo Costa Venceu a última edição do Prémio Leya com Torto Arado, um romance ambientado no interior do Brasil onde os ecos do sistema esclavagista e as duras condições de vida se cruzam num quotidiano intemporal. Itamar Vieira Júnior esteve em Portugal a promover Torto Arado e falou com a Blimunda sobre o seu […]

Dobra, Dobra, Estica, Estica

Por Andréa Zamorano Para Nivaldo Tenório A instrutora insistia dobra, dobra, estica, estica. Bem me esforçava, os tornozelos inchavam, os joelhos se queixavam, quando não era a coordenação que falhava. Persistia obstinada, dobra, dobra, estica, estica. Me empenhando em fletir o corpo e mover as cadeiras de um lado para o outro no ritmo das […]

Uma montanha-russa chamada Ciclone: um livro que nasceu no Teatro

Turbilhão, confusão, emoção… São sentidos para a palavra adolescência, pela pena dos próprios, aqueles que a estão a viver no presente. Mas não só. Foi o que descobriram Miguel Fragata e Inês Barahona, fundadores da companhia Formiga Atómica quando se decidiram a ouvir este público tantas vezes emparedado entre crianças e adultos. Tudo começou precisamente […]

Cinco dias em Guadalajara

Por Ricardo Viel DIA 1: Sábado, 24 «O interesse neste evento superou as nossas expectativas, pedimos desculpas àqueles que não puderam entrar e cumprimentamos os que assistem a partir do lado de fora», escuta-se no átrio do auditório do Pavilhão de Exposição da Feira Internacional do Livro de Guadalajara, a FIL. Quem diz estas palavras […]

Deste Mundo e do Outro: um escritor em Alta voz

Por Ana Margarida de Carvalho É um pensamento recorrente meu, e provavelmente também acontecerá a muitos outros leitores. Sempre que ocorre algo de aviltante, algum atropelo feroz dos direitos humanos, parar e pensar: o que é que José Saramago diria disto? Porque quando o perdemos, no dia 18 de Junho de 2010, não perdemos só […]

A Lenda da Mulher Sem Duche

Por Andréa Zamorano _ Essa noite aconteceu uma coisa esquisita. _ O quê? _ Tive a impressão de ver um mulher tomando banho às três da manhã? _ Como assim? _ Fiquei com uma daquelas insónias miseráveis que atacam no meio da madrugada. Sabe como é, acordei e já não consegui mais dormir. Fui até […]

Dez Livros com o Mar ao Pé

Por Sara Figueiredo Costa Tempos houve em que os suplementos de Verão aconselhavam leituras ligeiras, narrativas cuja capacidade de inquietar leitores era inversamente proporcional à frequência desejada com que as ondas chegavam a uns metros da toalha. Isto, claro, presumindo que todos os leitores tinham férias no Verão, e que todos escolhiam a praia como […]